TODOS OS POEMAS AQUI POSTADOS TÊM DIREITOS DE AUTOR. É EXPRESSAMENTE PROIBIDO COPIAR OU COLAR QUALQUER TEXTO AQUI EXPOSTO SEM A AUTORIZAÇÃO PRÉVIA DO AUTOR.

sábado, 6 de agosto de 2022

FIO CONDUTOR

 

Há uma ponte

há um rio

há um fio condutor

que nos leva à outra margem

à descoberta do amor.  


Nesta longa travessia 

neste fio condutor 

que nos leva à outra margem 

o que nos espera é incerto

pode lá estar o oásis 

ou simplesmente o deserto. 


Há uma ponte 

há rio 

há um fio condutor 

fantasia e ilusões 

alegria e fervor 

mas também há euforia 

tristeza e desilusões. 


Há uma ponte 

há um rio

há um fio condutor

que nos leva à outra margem 

que às vezes nos causa dor 

nesta constante viagem. 


Mário Margaride

05-08-2022 

                                    Feliz fim de semana! 

                                       Beijos e abraços! 

24 comentários:

  1. Bom dia de sábado, meu amigo Mário!
    Ao atravessarmos a ponte, o caminho é incerto, mas confiamos que o fio condutor nos leve pelos caminhos de luz, paz e muitas alegrias.

    Bom fim de semana, com saúde e paz.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é sempre a grande incógnita, o que iremos encontrar do outro lado...
      Obrigada, amiga Fatyma, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
  2. Una gran travesia, dificil a veces es el camino, pero hay que atravesarlo.

    Muy bonito poema, te felicito.

    Un abrazo, poeta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é amiga Maria. Essa é sempre a grande incógnita.
      Muito obrigada, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e ótima semana!

      Eliminar
  3. Bom domingo de paz, amigo Mário!
    O final está deslumbrante.
    O fio condutor não nos deixa permanecer na decepção para sempre.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Abraços fraternos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Roselia!
      Muito obrigada, pela leitura e gentil comentário que aqui deixou.
      Beijinhos e feliz semana!

      Eliminar
  4. the journey that could be happy or end up with sadness ....

    Have a wonderful weekend

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é minha amiga. Nunca sabemos o que está no outro lado.
      Muito obrigada, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e ótima semana!

      Eliminar
  5. Mais um maravilhoso poema que tanto gostei.
    Tenha um ótimo domingo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula,
      Muito obrigada, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e ótima semana!

      Eliminar
  6. Lindo poema, nuestro corazón y mente nos ayuda a comunicarnos. Te mando un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é amiga Alex.
      Muito Obrigado, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e ótima semana!

      Eliminar
  7. Gostei do poema, que destaca, no fundo, a necessidade que o ser humano tem de comunicar.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é amigo Juvenal.
      Muito Obrigado, pela leitura e gentil comentário.
      Abraço amigo, e ótima semana!

      Eliminar
  8. Quando buscamos informações seguras com quem conhece a outra margem, a esperança é a confiança serão as bagagens que levaremos, e algumas peças do nosso uso pessoal, como a integridade moral , e todo o bem que fizemos do lado de cá da margem...
    Fantástico poema querido poeta que interpretei como sendo a nossa passagem da matéria para o plano do espírito. Muito bom.
    Abraços de uma amiga que sabe da nossa imortalidade da alma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Lucia.
      O que está do outro lado, é sempre uma incógnita. Mas não podemos ficar parados no meio da ponte. Temos que seguir viagem, na esperança de dias melhores.

      Muito Obrigado, pela leitura e gentil comentário que aqui deixaste.
      Beijinhos e feliz semana!

      Eliminar
  9. O pior é quando nem ponte há e nos cortaram todas as hipóteses de a tentar construir...


    Adorei o poema, um dos que mais me agradaram

    Te abraço com voto de boa semana, meu caro Poeta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, esse é um grande problema. Quando não nos dão oportunidade de chegar ao outro lado...
      Muito Obrigado, amiga São, pelas simpáticas e assertivas palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
  10. Que belo poema, Mário, a vida é assim, temos de atravessar, seguir sempre à frente, certas pontes serão difíceis, depois as que seguem com certeza serão mais fáceis de atravessarmos. Um aprendizado até o fim, amigo!
    E a foto...maravilhosa, aliás sempre suas escolhas são belas!
    Uma feliz semana,
    beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Taís!

      Tinha razão. Este comentário estava no spam. Já o publiquei como pode verificar. Não dei porquê, mas acontece também a mim quando comento noutros blogues, não em todos , mas em alguns.
      É verdade. Por vezes é difícil atravessar a ponte, há sempre obstáculos que nos bloqueiam a passagem. Mas temos que conseguir ultrapassar esses obstáculos, essas barreiras.
      Muito obrigado, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixou.
      Beijinhos e continuação de ótima semana!

      Eliminar
    2. Olá, Mário, eu clico no spam todas as vezes que baixo uns comentários e sempre tem um ou dois no spam. O seu estava no spam!
      É alguma coisa com o 'Blogger' mesmo, mas acostumei todos os dias dar umas olhadas no spam.
      Beijinho, continuação de boa semana.

      Eliminar
    3. Olá, Tais, agora vou espreitar sempre no spam, a ver se algum comentário vai lá parar.
      Muito Obrigado, pela dica aqui deixada.
      Beijinhos e continuação de ótima semana!

      Eliminar
  11. Poema brilhante, amigo Mário. Uma ponte poética que dá gosto atravessar.
    Já as pontes da vida... não são todas seguras, não sabemos o que nos espera do outro lado.
    Beijo.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, amiga Teresa.
      Assim é minha amiga. Nunca se sabe o que nos espera do outro lado.
      Muito Obrigado, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixou. Beijinhos!

      Eliminar