quarta-feira, 4 de agosto de 2021

QUE A ESPERANÇA VIVA EM MIM... PARA A ETERNIDADE


Fui árvore, tronco seco, giesta…

fui mar, tempestade, fui mendigo

perdido, andei, buscando abrigo

na imensa e atribulada floresta. 


Porém, não desisti, de te procurar 

pelo deserto imenso, eu andei…

por entre as dunas te procurei

mas não consegui te encontrar... 


Hoje sou cama, onde a esperança dorme

nada temo, e tenho um orgulho enorme

e guardo este amor em mim, com intensidade…


E na cama deitado às vezes choro…

sentindo esta emoção, imploro…

que a esperança viva em mim…para a eternidade


Mário Margaride 




segunda-feira, 2 de agosto de 2021

HÁ DIAS ASSIM...


Quantas vezes puxo a corda

até ela rebentar

mas ela, já não rebenta

por muito fraca que entenda

que a corda possa estar...

a dita, bem se aguenta

às tantas, quem arrebenta

somos nós, para variar! 


Mário Margaride 


sábado, 31 de julho de 2021

EMOÇÕES


Estado de alma que nos expõe ao belo, e à dor

nos torna vulneráveis à solidão, ao amor

nos faz balançar, entre o certo...e o incerto

se nem sempre o que nos chega tem beleza...

mesmo assim, será melhor que a tristeza

de nada sentir, nada viver...ser um deserto! 


Mário Margaride 




quinta-feira, 29 de julho de 2021

TEUS LÁBIOS


Os teus lábios são loucos viajantes

que gostam de perder-se no caminho

voltar atrás, recomeçar, devagarinho

como se fossem dois principiantes

e eu, como viagem por fazer

vou-me alongando nesse teu perder... 


Mário Margaride