TODOS OS POEMAS AQUI POSTADOS TÊM DIREITOS DE AUTOR. É EXPRESSAMENTE PROIBIDO COPIAR OU COLAR QUALQUER TEXTO AQUI EXPOSTO SEM A AUTORIZAÇÃO PRÉVIA DO AUTOR.

terça-feira, 9 de agosto de 2022

DENTRO DE MIM

 

Olhando á minha volta de soslaio 

onde tudo parece correr normalmente

mas dentro de mim há um vazio

que cresce dia a dia fortemente.


A solidão é minha companheira

nesta viagem que não sei quando termina 

são sinais que indicam o que foram 

os tempos que marcaram minha sina.


O vento levou para longe os meus sonhos

que se calhar não passaram de utopias

e assim por mim as luas vão passando

todos os minutos, todas as horas...todos os dias.


Mário Margaride

09-08-2022 


34 comentários:

  1. Poema e imagem deslumbrantes, que me fascinou o ego, ler e ver.
    .
    Abraço virtual de amizade
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amigo Ricardo, pela leitura e gentil comentário.
      Abraço e ótima quinta feira.

      Eliminar
  2. Nostálgico e sentido poema.
    O vento leva os sonhos, mas enquanto cá estamos, temos de aproveitar no nosso dia-a-dia, o melhor que a vida nos vai oferecendo.
    Beijinhos e suaves brisas plenas de harmonia e paz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é amiga Maria. O tempo é incerto e impossível de controlar, por isso, há que o aproveitar.
      Muito Obrigado, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixou.
      Beijinhos e continuação de ótima semana!

      Eliminar
  3. Boa tarde Mário.
    Um poema cheio de sentires com muita nostalgia.
    Precisamos de dias mais alegres e fazer da solidão uma companhia inventando novos afazeres.
    Tenha uma óptima semana com saúde e paz.
    Um beijo
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Piedade.
      Muito Obrigado, pela leitura e gentil comentário que aqui deixou.
      Continuação de ótima semana com muita saúde e paz.
      Beijinhos!

      Eliminar
  4. Olá, amigo Mário, a solidão é um dos melhores temas para poesia, os poetas colocam toda a sua sensibilidade nesse sentimento que corrói pouco a apouco, é um dos mais tristes. Lindo poema, amiga, como sempre, meu aplauso!

    Ontem deixei um comentário no poema "Fio Condutor", não aparece, deve estar no spam, com certeza.

    Uma feliz semana, amigo,
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Tais,
      A solidão é um sentimento triste, quando não é desejado e nos acontece por várias razões. Ao contrário daquela solidão que por vezes precisamos para reflexão.
      Em relação ao comentário referido no "Fio Condutor" estava de facto no spam, mas como deve ter reparado já o publiquei.
      A partir de agora vou verificar sempre no spam, a ver se algum comentário lá vai parar.
      Muito Obrigado, pelo simpático e gentil comentário que aqui deixou, e pela dica em relação aos comentários que se escondem no spam.
      Beijinhos, e continuação de ótima semana!

      Eliminar
  5. A solidão acompanha-me há décadas, mas prefiro estar só a mal acompanhada.

    Te abraço com carinho, meu amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade amiga São.
      E como dizes é bem, é melhor sozinho que mal acompanhado. Principalmente no que concerne à relações amorosas. Aí estamos de acordo.
      Muito Obrigado, pelas tuas palavras.
      Beijinhos, com carinho e amizade.

      Eliminar
  6. Olá, amigo Mário!
    E o vento levou pra longe de mim meus sonhos!
    E trás radiante a alegria, quando dela necessitamos.
    Amo poema nostálgico é uma sensibilidade que sempre me encanta!

    Desejos de boa semana.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Fatyma!
      Assim é minha amiga.
      Muito Obrigado, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e continuação de ótima semana!

      Eliminar
  7. Um poema melancólico mas muito belo!
    A solidão é boa, mas depende da solidão. Gosto de estar sozinha comigo e com os meus pensamentos. :)
    -
    Uma excelente semana. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Cidália!
      Concordo plenamente com a tua perspetiva em relação à solidão. É precisamente a solidão que nos é imposta por vários fatores que nos dói mais, não a outra.
      Muito Obrigado, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e continuação de ótima semana!

      Eliminar
  8. wonderful image and inspiring poem....

    Have a great day

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amiga, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      Beijinhos e ótima sexta feira!

      Eliminar
  9. Bello poema oscuridad y la luz yacen dentro de uno. Te mando un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Alex,
      Muito obrigado, pelas palavras simpáticas que aqui deixaste.
      Beijinhos e ótima sexta feira!

      Eliminar
  10. O texto reflete alguma desilusão, expressa nos sonhos que mais não foram do que utopias.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa Tarde, amigo Juvenal,
      Muito obrigado, pela leitura e gentil comentário.
      Abraço amigo.

      Eliminar
  11. Um dia de cada vez... isto é, podemos ter objetivos e sonhos de curto prazo. Mesmo as coisas simples são importantes.
    Gostei do poema, que é magnífico, ainda que revele algum desencanto.
    Continuação de boa semana, caro Mário.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, caro amigo Jaime,
      Muito obrigado, pela leitura e gentil comentário.
      Abraço e continuação de boa semana.

      Eliminar
  12. Um poema belo, mas nostálgico. As vezes sinto+assim. Difícil driblar a solidy.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Edite!
      Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário, que muito apreciei.
      Votos de ótima sexta feira, e feliz fim de semana.
      Beijinhos!

      Eliminar
  13. Amigo Mário!
    Passando releendo e desejando uma ótima quinta-feira!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fatyma,
      Muito Obrigado. Igualmente para ti um feliz dia de sexta feira.
      Beijinhos!

      Eliminar
  14. La lucha nos lleva por delante, dentro de todo encontraremos ese camino.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Meulen,
      Muito obrigado, pela leitura e gentil comentário.
      Beijinhos e ótima semana!

      Eliminar
  15. A solidão tem sido companheira dos poetas de forma inspiradora pois, resulta em belos poemas como o que eu acabei de ler. Muito, bom, Mario!!
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é amiga Lucia. A solidão, é sem dúvida a companheira dos poetas, nas suas diversas dimensões.
      Muito Obrigado, pelas sempre simpáticas e gentis palavras.
      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
  16. Tristeza, desânimo, solidão... num encantador poema.
    Melhores dias virão, poeta amigo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vida tem estas vicissitudes. A solidão...tem duas faces, a que nos é imposta, por vários motivos. E a outra, a que impomos a nós próprios, para podermos refletir. Essa, é saudável, a outra não, faz-nos sentir tristes e infelizes...
      Muito Obrigado, pelas palavras amigas e solidárias.
      Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
  17. Boa noite de paz, amigo Mário!
    Os ventos são desfavoráveis muitas vezes e precisamos aguardar bons ventos.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Abraços fraternos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, amiga Roselia!
      Muito Obrigado, pela leitura e gentil comentário.
      Beijinhos e feliz semana!

      Eliminar