TODOS OS POEMAS AQUI POSTADOS TÊM DIREITOS DE AUTOR. É EXPRESSAMENTE PROIBIDO COPIAR OU COLAR QUALQUER TEXTO AQUI EXPOSTO SEM A AUTORIZAÇÃO PRÉVIA DO AUTOR.

sábado, 30 de julho de 2022

FRUSTRAÇÃO


Há uma amálgama da minha essência 

que se machucou

pelos sonhos que desejava

e não consegui concretizar 

ficando apenas 

as utopias que persigo 

os fragmentos separam-se...

entre os muros dos meus medos.


Envolve-me a desilusão 

insinua-se em meu peito e me sufoca 

Sou um grão de poeira perdida 

nas vertentes rochosas

desta enorme montanha... 

de frustração.


Mário Margaride

29-07-2022 

                                          Feliz fim de semana!

                                             Beijos e abraços! 

terça-feira, 26 de julho de 2022

NOSTÁLGICAS RECORDAÇÕES


Na minha frente

surge o mar 

de um azul profundo e saturado 

cintilando sob o luar prateado...

onde as águas atraem o meu olhar 

misturando-se como lágrimas 

flutuantes... 

deslizando pelo meu corpo refrescante 

indo morrer na areia dourada...


Agitam-se palavras na minha mente 

num gemido torturado...pungente 

onde me rodeia a nostalgia

e as forças da minha alma...

procuram descansar 

e no meu espírito

reluz a calma...

onde o momento chegará

neste último adeus  

às mais nostálgicas recordações. 


Mário Margaride

25-07-2022 



sábado, 23 de julho de 2022

NAS ENCOSTAS DA INCERTEZA

 

Nas encostas da incerteza

se erguem muros opacos

onde se escondem os sonhos 

das nossas utópicas esperanças.


Não há montanhas ou mares

que não possamos desbravar

que nos possam impedir

de alcançar os nossos sonhos e anseios 

que sejam possíveis de alcançar. 


Assim queiramos seguir

neste caminho de entraves

onde as tormentas se encontram

nas encostas íngremes 

da incerteza. 


Mário Margaride

22-07-2022 

                                   Ótimo fim de semana!

                                       Beijos e abraços! 

terça-feira, 19 de julho de 2022

DENTRO DE MIM

 

Entro dentro de mim 

sinto as veias pulsando

onde o meu sangue corre 

vertiginosamente 

dentro deste universo complexo 

das minhas interrogações. 


Ouço a voz do meu sentir

das tristezas, das alegrias

das mais funestas ilusões 

dos amores que se esfumaram 

e das minhas desilusões... 


Mário Margaride

19-07-2022 


sexta-feira, 15 de julho de 2022

SÃO OS SONHOS

 

São os sonhos

as utopias 

a nossa orientação

o sol que nos aquece

a alvorada que amanhece 

a luz do nosso coração.


São os sonhos

as utopias

os caminhos que imaginamos

a corrente que nos une

o sol que nos aquece 

e que a eles nos entregamos.


São os rios 

as montanhas 

os caminhos invisíveis

que por eles viajamos

sem sabermos onde vão dar

são estes caminhos de utopias

de ilusões e fantasias 

que nos vão fazendo...sonhar.


Mário Margaride

15-07-2022 

                                           Feliz fim de semana!

                                              Beijos e abraços! 

segunda-feira, 11 de julho de 2022

NAS NOITES

 

Nas noites... 

onde o sono não quer chegar

lembranças me assaltam

fazendo emergir em mim 

os belos momentos...

de quanto foi lindo te amar. 


Nas noites...

onde o sono não quer chegar

outras lembranças me assaltam

todas aquelas 

que eu não quero recordar.


Nas noites...

onde o sono não quer chegar

cansado de lembranças

que não quero recordar

pego numa caneta e escrevo

o quanto foi lindo te amar...


Mário Margaride

11-07-2022 


sexta-feira, 8 de julho de 2022

COMO GOSTAVA...

 

Como gostava... 

de não pensar 

na desilusão

na tristeza

no desamor

na angústia 

na frustração.


Como gostava... 

de não pensar 

nas alegrias que vivi 

na felicidade que tive 

nos amores que já perdi.


Como gostava... 

de ser imune

a todas estas emoções

e tudo me passar ao lado

e não ficar encalhado

neste mar de frustrações.


Como gostava...enfim

de tudo poder mudar 

voltar a viver o amor

terminar com esta dor

que insiste em machucar.


Mário Margaride

08-07-2022 

                                             Feliz fim de semana!

                                                Beijos e abraços! 

segunda-feira, 4 de julho de 2022

TRAVESSIA

 

Desci ao inferno de Dante

andei pelas catacumbas 

sem perder a esperança 

dançando tangos e rumbas... 


No silêncio do sentir 

abri as portas ao amor 

desci as escarpas da vida 

sepultei toda esta dor.


Por fim, sentei-me na berma 

onde o sol já espreitava 

com o seu sorriso aberto

e com os braços me abraçava.


Nesta viajem segui

contornando os obstáculos

fui derrubando barreiras 

eliminando os tentáculos.


Aqui chegado escutei

todas as vozes e sons

dançando ao sabor da vida 

que nem sempre tem bons tons. 


Nesta longa travessia

por entre montes e vales 

nestas loucas correrias 

lá fui sarado os meus males... 


Mário Margaride 

04-07-2022 






sexta-feira, 1 de julho de 2022

IRÓNICO DESATINO

 

Olho nos rios 

que correm melancólicos 

para o mar de silêncio... 

nas águas deste mar 

a minha voz dorida 

se ergueu até aos astros

num grito imenso de dor. 


Quebraram-se as energias da alma 

onde as folhas moribundas estremecem...

e na escuridão da vida triste 

o culto das palavras não existe 

apenas o silêncio da dor... 


Neste irónico desatino 

não me inflamo mais de amor 

refugio-me no retiro 

das cicatrizes da dor. 


Mário Margaride 

01-07-2022

                                           Feliz fim de semana! 
                                               Beijos e abraços!