TODOS OS POEMAS AQUI POSTADOS TÊM DIREITOS DE AUTOR. É EXPRESSAMENTE PROIBIDO COPIAR OU COLAR QUALQUER TEXTO AQUI EXPOSTO SEM A AUTORIZAÇÃO PRÉVIA DO AUTOR.

sábado, 7 de agosto de 2021

NUM TEMPO QUE NÃO TEM FIM


Somos artistas sem arte 

neste palco em rodopio

somos alma, somos povo

que emerge num tempo novo

nas frescas margens do rio. 


Somos prisioneiros do tempo

num tempo que não tem fim 

no meio de tudo e de nada

esperando pela alvorada

com cores de azul, carmim. 


Caminhamos entre margens

onde a estrada nos conduz 

envoltos na opacidade

com falsa claridade

onde não vemos a luz...


Mário Margaride


44 comentários:

  1. Olá, amigo Mário, meus parabéns pela postagem desse seu belo poema tanto na forma como no conteúdo.
    Gostei muito da leitura dessa sua obra.
    Um excelente final de semana, com saúde e paz.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amigo Pedro.
      Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário.
      É sempre um grande prazer, a sua presença aqui no meu cantinho.
      Excelente fim de semana, com muita saúde

      Abraço amigo.

      Eliminar
  2. Lindo poema para reflexionar caminamos a veces a ciegas pero seguimos. Te mando un beso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga!
      Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário.
      É sempre um grande prazer, ter-te aqui no meu cantinho.
      Bom final de semana!

      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Mais um excelente poema com que o Mário nos brinda, deixando claro que nem sempre caminhamos de forma segura e que temos de tatear, prudentemente, o rumo a seguir.
    Saudações poéticas.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amigo Juvenal.
      Muito Obrigado, pela visita e gentis palavras.
      É sempre um grande prazer, a sua presença aqui no meu cantinho.
      Abraço, e bom fim de semana.

      Eliminar
  4. i adore this poem so much! Follow:) hope U follow back:)

    ResponderEliminar
  5. Asím é nossa existencia, algo incerto, algo misterioso, sen sentido, mas com uma misão a cumprir.
    Fermoso fica o nosso sem sentido nos seus versos.
    Votos de bom fim de semana.
    Abraço, Mario

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Beatriz.
      Assim é minha amiga. Vivemos tempos difíceis, onde as certezas são incertas.

      Muito Obrigado, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      É sempre um grande prazer, a tua presença aqui no meu cantinho.

      Feliz fim de semana!

      Beijinhos!

      Eliminar
  6. Há que tentar ver a luz, mesmo em estradas sombrias.
    Nostálgico e belo poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é amiga Maria. Nunca perder a esperança.
      Muito Obrigado, pelas simpáticas palavras que aqui deixou.

      É sempre um grande prazer, recebe-la aqui no meu cantinho.

      Bom fim de semana!

      Beijinhos!

      Eliminar
  7. one day will be light...

    excellent poem.... love it

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite!
      Seja bem-vinda ao meu cantinho!
      Grato, pela visita e gentil comentário...
      Volte sempre!

      Abraço!

      Eliminar
    2. Obrigado. Igualmente para si um dia maravilhoso.
      Abraço!

      Eliminar
  8. Asi es mi amigo, a veces caminamos
    en la oscuridad de las tinieblas,
    hasta que encontramos ese tunel
    que nos lleva a la luz del buen camino.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Siby!
      Assim é minha amiga. São tempos difíceis estes que vivemos.
      Onde as certezas são incertas, e os caminhos sombrios...

      Muito Obrigado, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.

      Feliz fim de semana.

      Beijinhos doces...

      Eliminar
  9. Numa passagem rápida...
    .
    Vou ali e já volto... 📌
    .
    Amigos, esta rapariga, vai fazer uma pequena pausa, para umas merecidas férias. Voltarei assim que me for possível, aos vossos blogues.
    Até já...
    Beijos e Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália,
      Faz sempre bem uma pausa para recarregar baterias.
      Aproveite bem estas férias.

      Obrigada, pelo carinho e amizade.

      Beijinhos, e tudo de bom!

      Eliminar
  10. Excelente poema. Harmonia, ritmo e rimas delicadas . Bom pra declamar por conta da musicalidade das palavras. Parabéns Mário. Adorei.
    Beijo poético.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lucia!
      Muito Obrigado, pelas simpáticas palavras que aqui deixaste.
      É sempre um grande prazer, ter-te aqui no meu cantinho.

      Beijinhos, e feliz domingo!

      Eliminar
  11. Olá, amigo Mário, é verdade, esse tempo não passa nunca, estamos à espera que ele se vá e leve algumas coisas com ele, e para sempre! Assim voltaremos a sorrir.
    Gostei muito de UM TEMPO QUE NÃO TEM FIM, um dos mais bonitos poemas que li aqui.
    Um ótimo fim de semana, acompanhando as Olimpíadas, com certeza...
    Beijinho, amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Tais!
      É verdade, estamos num tempo difícil, onde a instabilidade é constante. Esperemos, e tenhamos esperança por dias alegres e com muita luz.

      Muito Obrigado, pelas simpáticas palavras que aqui deixou.
      É sempre um grande prazer, recebe-la aqui no meu cantinho.
      Sim, tenho acompanhado as Olímpiadas, que hoje chegam ao fim.

      Um ótimo domingo, com muita saúde.

      Beijinhos, de carinho e amizade.

      Eliminar
  12. Bom domi ngo de paz, amigo Mário!
    Somos prisioneiros do tempo

    num tempo que não tem fim

    no meio de tudo e de nada

    esperando pela alvorada

    com cores de azul, carmim.

    Que estrofe preciosa!
    Caminhar ao ritmo de um azulado esperançar é valioso.
    Se Deus quiser, tudo vai ter fim.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, amiga Rosélia!
      Assim é minha amiga. São difíceis os tempos que vivemos. Muita incerteza, muita inquietação. No entanto, há sempre a esperança de dias melhores, que irão chegar.

      Muito Obrigado, pela simpática visita e gentil comentário.
      É sempre um grande prazer, a sua presença aqui no meu cantinho.

      Votos de um feliz domingo!
      Beijinhos, de carinho e amizade.

      Eliminar
  13. Boa noite, Mario!
    Lindo poema com a musicalidade do jeito que gosto.
    Mas é preciso seguir na estrada, mesmo na escuridão... uma hora o dia amanhece e a luz volta a brilhar nesse "tempo que não tem fim"!
    Bjs
    Marli

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, amiga Marli!
      Assim é minha amiga. Depois da escuridão vem a luz. Há que não perder nunca, a esperança.
      Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário.
      É sempre um grande prazer, recebe-la aqui no meu cantinho.

      Beijinhos, e feliz domingo!

      Eliminar
  14. Mário, teu poema é lindo!
    Parabéns, prezado amigo!
    Mas minha alma sorrindo,
    Diz não concordar contigo.

    Visto que nós somos luz
    E por poetas retratas
    Sempre o belo que seduz
    Deixando nossas almas gratas.

    O teu poema é divino.
    Por perdidos no caminho,
    Vamos seguindo, por tino,
    Expondo o belo ao vizinho.

    E assim o vizinho crê
    Que estamos à procura
    Do belo, mas à mercê
    Da luz de uma noite escura.

    Que a gene, mesmo no escuro,
    Acha o belo à poesia
    Por termos coração puro
    E luz que nos alumia.

    Mais uma vez, parabéns! Abraço fraterno! Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amigo Laerte!
      Muito Obrigado, pela visita, e pelo lindo poema em forma de comentário.
      Votos de uma excelente semana!

      Abraço amigo.

      Eliminar
  15. El poema es fantastico Mario.
    sin dudas el camino es incierto, nunca sabremos hacia donde vamos
    aunque tengamos un proposito
    el destino no está en nuestras manos.
    De todas maneras siempre me gusta pensar
    en la luz
    y en que tendremos la posibilidad de elegir
    que camino tomar. Un abrazo grande y bonita semana para vos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, amiga Eli!
      É mesmo assim a vida. Tem todas estas vicissitudes. E, efetivamente, cabe a nós escolher caminhos a percorrer. Desde que, dependa única e exclusivamente de nós.

      Muito Obrigado, pela simpática visita e gentil comentário.

      Votos de uma excelente semana!

      Beijinhos!

      Eliminar
  16. muito bonito desejo uma feliz semana tudo de bom bjs saude

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Isa.
      Muito Obrigado, pelo simpático comentário.
      Igualmente para ti, uma boa semana com tudo de bom.

      Beijinhos!

      Eliminar
  17. Assim somos, amigo.

    Um poema inspirado, expressivo e belo em perfeita redondilha maior!

    Apreciei bastante. amigo. Beijinho.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  18. É verdade, minha amiga.
    A vida é um carrocel. Desce, sobe, mais devagar, ou mais depressa. E muitas vezes, andamos por caminhos complexos.
    É a vida, e as suas vicissitudes.

    Muito Obrigado, pelas simpáticas e inspiradoras palavras, que aqui deixadas.

    Beijinho, e tudo de bom, minha amiga.

    ResponderEliminar
  19. Olá Mário,
    Talentosas palavras as suas, um poema inteligentemente bem escrito, parabéns!
    Votos de uma semana feliz, beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Isamar, pelas simpáticas e gentis palavras que aqui deixou.

      É sempre um grande prazer, ter a sua presença aqui no meu cantinho.

      Feliz semana, igualmente para si.

      Beijinhos!

      Eliminar